Três Poemas

Toda a delicadeza e a poesia na voz de uma das maiores atrizes brasileiras, Marisa Orth. Um audiolivro simplesmente maravilhoso.

ver detalhes
Livro de Mágoas

Florbela Espanca viveu apenas 36 anos, mas marcou a poesia em língua portuguesa pela eternidade. O Livro de Mágoas é a sua primeira obra editada, e foi publicada em junho de...

ver detalhes
A Mensageira Das Violetas

Em seu estilo recorrente ao sofrimento e à solidão, Florbela enxerga a felicidade e a plenitude absolutas somente no vasto infinito temporal, uma vez que no tempo real se aliam...

ver detalhes
O Livro D'ele

Guido Batelli foi responsável por descobrir o talento de Florbela e torná-la conhecida, bem como por reunir todas as suas obras, embora muitas delas tenham sido publicadas...

ver detalhes
Livro De Mágoas

Livro de mágoas foi a primeira obra editada de Florbela Espanca. Nela, percebe-se uma tendência à lamentação, criando um espaço de diálogo e reflexão entre os...

ver detalhes
Livro De Mágoas

Florbela Espanca (1894-1930), uma das principais poetisas portuguesas, soube transformar sua vida curta e inquieta em poesia da mais alta qualidade, plena de erotização e...

ver detalhes
Charneca Em Flor

Charneca em flor é uma coletânea de poemas escritos por Florbela Espanca, uma nobre mulher solitária e melancólica, mas com certo talento para poetizar. A autora teve a ajuda...

ver detalhes
Livro De Sóror Saudade

Florbela, em Livro de Sóror Saudade, demonstra o amor e a paixão aos quais se entrega completamente, deixando de lado o saudosismo recorrente. No entanto, opta por apontar a...

ver detalhes
Reliquiae

Em Reliquiae, Florbela fala de seu solitário e egocêntrico mundo burguês. Ainda pouco experiente, coloca o eu lírico como um ser saudoso daquilo que não viveu. Seus sonetos...

ver detalhes
Os mortos não voltam

Florbela Espanca (1894-1930), poetisa e escritora portuguesa, perdeu um irmão, Apeles Espanca, que faleceu em um acidente de aviação, em 1927. Florbela nunca se recuperou desta...

ver detalhes
página 1 de 100