Segunda Feira: A História Do Samba Do Trabalhador

Segunda Feira: A História Do Samba Do Trabalhador

Sinopse

Esse livro documental do jornalista Daniel Brunet revela os bastidores do evento semanal, liderado por Moacyr Luz, que entrou para a história do samba. Com prefácio de Aldir Blanc e capa desenhada por Lan, a narrativa convida o leitor a acompanhar os passos do Samba do Trabalhador desde o início da roda, muito antes de ela se tornar um acontecimento cultural carioca. A ideia de reunir músicos nas tardes de segunda-feira, no Renascença Clube, deixou rapidamente de ser apenas uma forma de aproveitar o dia de folga. Em pouco mais de um mês, as segundas viraram um evento. É que à mesa montada por Moacyr 'Moa' Luz e cia. sempre estiveram sambistas do mais alto valor: Luiz Carlos da Vila, Toninho Geraes, Bandeira Brasil, Tantinho da Mangueira e, entre outros, Marquinhos de Oswaldo Cruz. Logo, o brilho e o talento dessa constelação atraíram gente de todos os cantos. Foi assim, sem nenhuma pretensão, que nasceu o Samba do Trabalhador que hoje faz parte do calendário cultural do Rio. Com o sucesso fulminante, o grupo, no mesmo ano de sua fundação, gravou um CD e um DVD, que se transformaram em referência para outras iniciativas do gênero. No início de 2013, foi lançado um novo trabalho g...