Gozos Da Mulher

Gozos Da Mulher

Sinopse

"Gozos da mulher", de Lêda Guimarães, não é um ensaio sobre o que ocorre às mulheres, pois aqui o homem e a mulher aparecem equiparados. O amor é situado neste livro como mola essencial para o entendimento da experiência do real para ambos os sexos, como causa de devastação ou como saída da cilada sintomática, fluido que eterniza o sujeito na culpa superegoica. Nas palavras da autora, “o ato analítico permite separar o gozo feminino de seu algoz, de seu sonho mentiroso, de um parceiro que convida à eternidade, de seu preço impagável, de seu martírio sadomasoquista, de seu Deus-Diabo, de seu dono escravizador — daquele que não é nenhum “Ele” encarnado e que tem um nome formulado conceitualmente por Freud como “Supereu”. Ousado e inovador, "Gozos da mulher" é uma leitura fundamental, não só para os profissionais da psicanálise, como também para o leigo contemporâneo, confuso com suas múltiplas escolhas, seus desafios e com as novas faces da sexualidade humana que surgem a cada dia. Com prefácio de José Vidal.