Linhas Do Destino

Linhas Do Destino

Sinopse

Um desvio, uma doença, uma tara..., seja como pretenda chamá-lo; é um substantivo, portanto de importância essencial, mas não é um verbo, que de tão importante, refere-se ao próprio Deus. Depende do que está em jogo. Se é de sobrevivência que falamos, será um estrondo a nos assustar somente pelo barulho, ouvido sem tempo e lugar. Personagens envolvidas até com suas próprias almas, sofrendo as dores cruciantes da paixão e da indignação, podem e merecem, dentro de seus desesperos, procurar alternativas impensadas, surpreendentes, a qualquer um que não se sinta envolvido. Uma exceção concebível à regra, fazendo desta, um conceito vazio, desprovido de sentimentos que lhe deem sustentação. Olhar exclusivamente com o coração pode provocar um novo prisma, uma nova visão do problema, que liberta e condena.