Cbn Em Série

Informações:

Sinopse

Podcast que reúne as grandes séries de reportagens produzidas pela equipe da CBN.

Episódios

  • #1 - Zika, um mal que ainda assombra: Apesar de recuo, nova epidemia não está descartada

    #1 - Zika, um mal que ainda assombra: Apesar de recuo, nova epidemia não está descartada

    21/10/2019 Duração: 04min

    Mais de 3,4 mil crianças nasceram com microcefalia em decorrência do vírus desde 2015, quando o país registrou uma epidemia. Apesar de não haver surto, mais de 10 mil casos da doença foram registrados neste ano, sendo mais de 1,6 mil em grávidas. Confira a primeira reportagem da série 'Zika, um mal que ainda assombra'.

  • #5 - Fé na Amazônia: Medo e insegurança imperam entre moradores de comunidades no interior da Amazônia

    #5 - Fé na Amazônia: Medo e insegurança imperam entre moradores de comunidades no interior da Amazônia

    11/10/2019 Duração: 04min

    No quinto e último capítulo da série 'Fé na Amazônia', o repórter Elcio Ramalho, da Rádio França Internacional, mostra como a Igreja Católica tem lidado com as ameaças contra povos que vivem na floresta. Para eles, o Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano, representa uma esperança para a região.

  • #4 - Fé na Amazônia: Igreja Católica tenta conter o avanço de evangélicos entre tribos da região amazônica

    #4 - Fé na Amazônia: Igreja Católica tenta conter o avanço de evangélicos entre tribos da região amazônica

    10/10/2019 Duração: 03min

    No quarto capítulo da série 'Fé na Amazônia', o repórter Elcio Ramalho, da Rádio França Internacional, você vai saber que entre as medidas em discussão, está a introdução das culturas indígenas nos rituais. Os religiosos que atuam na região alertam, no entanto, que o Vaticano deve respeitar os diferentes povos que vivem na floresta.

  • #3 - Fé na Amazônia: Atuação da Igreja Católica no interior do AM é prejudicada pela falta de padres

    #3 - Fé na Amazônia: Atuação da Igreja Católica no interior do AM é prejudicada pela falta de padres

    09/10/2019 Duração: 03min

    Em comunidades mais afastadas, as visitas de religiosos acontecem apenas duas vezes por ano. Assim, a ordenação de homens casados surge como uma solução para o problema. A medida, porém, ainda enfrenta barreiras dentro da instituição. Acompanhe o terceiro capítulo da série 'Fé na Amazônia', produzida pelo repórter da Rádio França Internacional Élcio Ramalho.

  • 2# - Fé na Amazônia: Mesmo sem reconhecimento do Vaticano, missionárias tentam recuperar fiéis na Amazônia

    2# - Fé na Amazônia: Mesmo sem reconhecimento do Vaticano, missionárias tentam recuperar fiéis na Amazônia

    08/10/2019 Duração: 03min

    No segundo capítulo da série 'Fé na Amazônia', o repórter Elcio Ramalho, da Rádio França Internacional, mostra a rotina de mulheres que representam a Igreja Católica na região. Elas atuam, principalmente, na periferia de Manaus e nos municípios do interior do Amazonas, na tentativa de reverter a perda de adeptos para outras igrejas. Muitas querem se tornar diaconisas, mas enfrentam dificuldades devido ao descaso da Santa Sé.

  • 1# - Fé na Amazônia: Questão ambiental e presença da Igreja Católica são discutidas no Sínodo para Amazônia

    1# - Fé na Amazônia: Questão ambiental e presença da Igreja Católica são discutidas no Sínodo para Amazônia

    07/10/2019 Duração: 04min

    Vaticano deu início, nesta semana, ao encontro que reúne religiosos e povos que vivem na floresta. Para a Igreja estar mais presente nas regiões mais afastadas, as propostas incluem ordenar homens já casados, introduzir elementos da cultura indígena nas liturgias e permitir que as mulheres se tornem diaconisas. Acompanhe o primeiro capítulo da série "Fé na Amazônia", do repórter Elcio Ramalho, da Rádio França Internacional.

  • #4 - Sem Disfarce: Para ter alvará, prostíbulos dizem que são até oficina mecânica

    #4 - Sem Disfarce: Para ter alvará, prostíbulos dizem que são até oficina mecânica

    12/09/2019 Duração: 03min

    Para obter algum tipo de licença na prefeitura de São Paulo, os cafetões e cafetinas mentem sobre a finalidade do lugar que administram. Manter uma casa de prostituição é crime previsto no código penal, por isso eles dizem que são bares, restaurantes, hotéis, sauna e até loja de material de construção e oficina mecânica. Quase metade dos 47 estabelecimentos mapeados pela CBN nem sequer tem licença de funcionamento. Isso é o que mostra o quarto episódio da série 'Sem Disfarce'. A prefeitura disse que vai vistoriar todos eles.

  • #3 - Sem Disfarce: Para atrair prostitutas, cafetões oferecem de carona e brindes a moradia e café da manhã

    #3 - Sem Disfarce: Para atrair prostitutas, cafetões oferecem de carona e brindes a moradia e café da manhã

    11/09/2019 Duração: 04min

    Embora seja ilegal, a cafetinagem alcançou um nível que beira o profissionalismo na cidade de São Paulo. Para atrair garotas, os prostíbulos oferecem wi-fi, moradia, carona, toalhas, chapelaria, comissões em bebidas, brindes, bônus e até café da manhã. Por outro lado, obrigam o uso de salto alto, determinam horário mínimo para permanência, proíbem faltas, tabelam os valores dos programas com um percentual pro cafetão e vetam alguns tipos de roupa. No terceiro episódio da série Sem Disfarce, você vai descobrir que o canal de comunicação entre cafetões e garotas é a última página de anúncios de um jornal popular de empregos.

  • #2 - Sem Disfarce: Cafetão sugere maquiagem carregada para explorar menor de idade na prostituição

    #2 - Sem Disfarce: Cafetão sugere 'maquiagem carregada' para explorar menor de idade na prostituição

    10/09/2019 Duração: 03min

    A prática de exploração sexual de menores pode render de quatro a 10 anos de prisão. A segunda reportagem da série 'Sem Disfarce' mostra que a propina para que policiais não prendam os cafetões que cometem esse crime chega a R$ 200 mil. Os números mostram que uma a cada cinco denúncias de exploração sexual de menores no Brasil veio de São Paulo. Até abril foram mais de 800 em todo o país.

  • #3 - Arte no Cárcere: da cela para a tela: ex-detento vira ator em série da Netflix

    #3 - 'Arte no Cárcere': da cela para a tela: ex-detento vira ator em série da Netflix

    06/09/2019 Duração: 04min

    Após quatro anos na prisão, Hugo Leonardo de Assis aposta as fichas na arte para enfrentar o estigma dado pela sociedade e a falta de perspectiva de um ex-detento. Ele já havia feito figuração em filmes e séries e passou por um curso de teatro dentro da prisão. Agora, interpreta o personagem "Lindão", da série "Sintonia", da Netflix. Outros dois ex-detentos também atuam na série.

página 2 de 2